Oportunidades de estudo em Portugal

Antigo Império da então Colônia brasileira, Portugal se apresenta como uma ótima opção para aqueles que buscam uma experiência internacional de estudo. Além da facilidade com o idioma, o país faz parte da União Europeia, possuindo equivalência dos diplomas com todos os outros países membros.

De todo modo, é importante ressaltar que muitas das pós-graduações do país oferecem aulas apenas em inglês, fato não conhecido por muitos que desejam estudar nas terras portuguesas. E, apesar da identidade cultural com o País, muitos estudantes brasileiros podem se surpreender com o maior nível de exigência acadêmica de Portugal (observação válida, aliás, para a maioria dos países europeus).

Uma ótima maneira de estar a par das oportunidades é verificar o site da embaixada portuguesa no Brasil. O site é cheio de informações importantes para aqueles que querem passar um período de suas vidas estudando no país.

Segundo o site, por exemplo, caso você deseje visitar o país para atividade de investigação, docente em estabelecimento de ensino superior ou atividade altamente qualificada (como doutorado), você deve apresentar o contrato de trabalho, prestação de serviços ou bolsa de investigação para conseguir o visto. No caso de estudo, como intercâmbio de estudantes, é necessário a apresentação de documento emitido por estabelecimento de ensino em como foi admitido ou se preenche as condições de admissão.

Se você tem interesse em estudar no país, segue abaixo uma lista com as diferentes bolsas ofertadas para estudantes brasileiros que querem passar um tempo nas terras além mar. É importante ressaltar, contudo, que a maior parte das bolsas provenientes de instituições portuguesas possuem editais para áreas específicas. Em geral, são os programas brasileiros que ofertam oportunidades abertas para diversas áreas do conhecimento.

estudando em portugal

Bolsa de estudo da AULP

A AULP (Associação das Universidades de Língua Portuguesa) sempre possui processos abertos diferentes bolsas de estudos. Caso haja interesse, é sempre bom estar de olho no site da Associação. Além disso, o site apresenta a vantagem de oferecer bolsas para outros países onde a língua portuguesa é falada. São muitas as oportunidades.

Bolsa Criar Lusofonia

O concurso “Criar Lusofonia” tem como meta a atribuição de bolsas para estadias de longa duração em países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa com o objetivo de produção de textos. As bolsas são patrocinadas pela Direção Geral do Livro e das Bibliotecas e gerido pelo Centro Nacional de Cultura. Segundo o Centro Nacional de Cultura, há a intenção de aproximar os contatos entre os lusófonos de diferentes países a fim de criar um maior espaço de circulação de livros entre estes países. Mesmo apresentando apenas uma vaga para falantes de língua portuguesa fora do país, o concurso demonstra o interesse crescente da conformação de uma comunidade internacional de países falantes da Língua Portuguesa, indicando a facilidade de relacionamento com instituições lusófonas.

Bolsas Ciências Sem Fronteiras

O Ciências Sem Fronteiras é um programa do governo federal brasileiro que oferece bolsas a estudantes universitários para completar a sua formação em outros países. O programa de intercâmbio oferece bolsas de estudo para diferentes países, contudo, os estudantes que possuem Portugal como destino tendem a ter maior concorrência pela vaga, visto que a facilidade com o idioma. A seleção é feita após o preenchimento de um formulário, onde são selecionados aqueles que possuem os requisitos do programa e as notas mais altas para o curso. Como o país possui a mesma língua oficial do Brasil, o período de estadia é de um ano – ao contrário de países com outros idiomas, onde o bolsista passa por um período de seis meses de curso intensivo da língua local.

Programa de Bolsas Luso-Brasileiras

O Banco Santander possui um programa de bolsas específicas para aqueles que querem completar seus estudos em Portugal – isto porque a ênfase do projeto são os intercâmbios de estudantes universitários entre instituições brasileiras e portuguesas. O programa é antigo, tendo mais de dez edições e tendo oferecido mais de mil bolsas até o momento.

A bolsa do Programa de Bolsas Luso-Brasileiras possuem o valor de 3.300 euros. Uma demanda do programa é que a bolsa não pode cobrir taxas administrativas: ela deve ser utilizada apenas como um auxílio para cobrir custos de estadia no país (como transporte, hospedagem e alimentação), uma vez que o intercambio deve ser fruto de um acordo estabelecido entre a universidade de origem e a de destino. As bolsas tem duração de até um semestre e tem como público alvo os estudantes de graduação de instituições públicas brasileiras de educação superior cadastradas no programa.

Bolsas do Erasmus Mundus (EM)

O Programa Erasmus Mundus (EM), financiado pela União Européia (UE), foca na mobilidade de estudantes da pós-graduação. Com bolsas de estudos integrais ou possibilidades de intercâmbio, o programa prima pela excelência acadêmica e oferece diversas oportunidades de pesquisa para quem quer concluir seus estudos fora do Brasil.

Capes

O Programa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)  do governo brasileiro possui diferentes modalidades de bolsas integrais e sanduíche para o estudantes de doutorado. Os editais saem no começo e meio de cada ano, possuindo diferentes verbas dependendo do país de acolhida.

CNPq

As bolsas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), assim como as da Capes, oferecem as oportunidades de doutorado sanduíche e doutorado pleno em instituições de ensino superior na Europa. Para a possibilidade de implementação das bolsas, é papel do requerente conseguir estabelecer os laços necessários com a universidade e/ou o professor/orientador desejado para o acompanhamento da bolsa. Contudo, dada as últimas experiências relatadas pelas universidades públicas brasileiras, são inúmeros os acordos com instituições portuguesas de ensino superior, facilitando bastante a implementação de bolsas com estes países. Possuem uma regularidade de abertura de editais (começo e meio do ano), oferecendo oportunidades para os que desejam realizar o doutorado na Europa.

Conclusão

Seja como for, para estudar em Portugal é preciso ter bastante interesse e estar continuamente ligado aos sites oferecidos anteriormente. Em geral, as datas para os editais para concorrer às bolsas são oferecidas no início do semestre anterior à implementação. Assim, fique sempre atento e programe-se com antecedência. Na era da internet, a maior parte das informações circulam no meio digital, mas o trabalho burocrático leva muito mais tempo que uma simples troca de emails ou cliques em sites.

CompartilharEmail this to someoneShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn

Um comentário sobre “Oportunidades de estudo em Portugal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *